LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 19 de janeiro de 2013

Inovação

[J .Vitor ]

Abro o peito doente
E me ponho a correr com a brisa presente;
Corro, corro, vou distante… perto do passado!
Longe de preliminares e do futuro!

Fecho a vida de outras estradas
Fecho os passeios de qualquer via,
Fecho a mim numa louca ventura,
E por final ajunto com a felicidade!

Abro a vida como à viração da brisa
Que começa leve no movimento dos ventos,
Retumba ecos, sons e apitos.

Abro os eventos dos dias passados,
Clamo pelas lembranças;
Até o pára-brisa indiferente,
Entorpece-se.

Perdi a estrada do suceder,
Peguei o atalho, fui ao antever.
Cheguei a tal vida onde só posso recordar e escrever.