LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Fuga da alma

J.Vitor

“Não sei o que fazer”, fugiram com o céu,
esconderam os astros e todas a estrelas,
Onde estou! que galáxia escura!
Meu corpo está legado ao mofo,
os pensamentos desconexos
o coração mergulha em agonia

           É inadmissível!
            não tenho no caderno a palavra retroceder
           e para avançar falta-me à munificência do trovão.
          “Não sei o que fazer”: voltar, não posso.
           Portanto, abolorecido estou até que ressurja  o Sol.
           Depois, avir-me-ei com a silhueta de cada luz,
           Depois, Combinarei o crisol do planeta com o vestir de noiva.
          Depois? "Não sei o que fazer."