LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Formas de poema



[J.Vitor]


Farei esbulhar um poema,
Usarei coisas mínimas:
o fitilho do embrulho
preso no presente.

Farei aportar este poema…
Não importarei o teor
Não falarei do seu valor,
Sim, da sua estima!

Farei mesurar um poema…
talvez seja o último
do mais vil tema
… esquema do penúltimo.

Farei acordar este poema…
despertar o tempo sorrateiro
Tirado do primeiro
Fincado no derradeiro.

Farei cimos versos de rimas
Recordando as coisas mínimas!
“Como este fitilho vermelho”
Que dorme nas folhas do caderno velho.