LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Quero Maria


(J.Vitor)

Estou construindo uma casinha aqui neste arquipélago de letras,
trago na carteira arquivos do pensamento.
Sou cliente de um banco onde a natureza guarda os valores dos poetas.
Não pretendo erguer castelos, mas quero amar este alento.

Ao redor da minha tapera quero expositar cores;
de tudo até ao mais  banal, como o cheiro das flores,
o amarelo da banana, o laranja da laranja…

O jardim terá a horticultura da rosa,
terá a prosa de Maria!








1

View comments

  1. Que poema lindo e diferente, delicado com palavras doces parecendo um sussurrar aos pés do ouvido. Beijos amigo.
    ReplyDelete


Para o José vitor.
Publico aqui meu comentário para "Maria" pois infelizmente não consegui publicar no seu blog. Então lá vai.....
Magnifico!!!!!!
Caro Vitor, amei esse espaço, conforme disse o Rafael, meu sobrinho, do Desce mais Uma. Ele tinha toda a razão.
Amei esse poema e pude nele ver um pouco do conteúdo de sua alma. Me perdoe a invasão, mas só me fez bem.
Parabéns!!
Abraços
Cris.
Responder