LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Domingos antigos


Ah! Que saudades dos domingos antigos,
do intenso comprazer,
do amiúde cantar dos pássaros.

Cada estação tinha um comportamento unívoco.
Pergunto a mim mesmo
se ainda é possível primaveras recíprocas;
outono, inverno que recorde um pouquinho de nós,
ou que tenha guardado do tempo
a ferramenta do carinho e das primeiras paixões.
Por ocasião do passado que vivemos,
faço voltar o tal marinheiro que por amor desistiu dos mares,
desistiu do futuro para viver e fazer daquele presente o valor que aqui volta estampando o retrato de gozos.
Daquela época para cá as lembranças me alimentam.
Nenhuma outra roseira conseguiu vingar, muito menos dar rosa. Contudo, somente este jardim promete poesias.
Se o que confesso agora tem um tanto da magia e dos pecados teus.
Sugiro então, marquemos as varas com esperança.
Levarei as renomadas alegrias.
Junto-me deste recomeçar para nunca mais ser infeliz.

de J.Vitor