LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 17 de junho de 2012

De ti eu trago...


O que de mim tu levas
de ti eu trago
tranco no ar em que respiro.
… Levastes o meu coração
e dentro estava a construção das estrelas
a formação das manhãs
o canto dos pássaros.



O que de mim tu levas
 de ti eu trago
refaço os vagos espaços
ponho neles
água
ponho vinho
ponho tango, moda de viola,
a hora de deitar,
sonhar e fechar a porta daquilo que ficou!

O que de mim tu levas
de ti eu trago
e faço este sobrevivente de lembranças.
Ah! Se ao menos eu soubesse que ao rasgar meu peito
Fosse para transplantar o templo ausente
a minha dor seria o retorno da alegria!

de J.vitor