LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 6 de novembro de 2011

Apresentação


Mesmo sendo o que penso:
membro de uma sequóia antiga.
Minha seiva corre o desejo
passeia  as flores exoradas na relva,
Transmudado o coração.
Sendo seiva é sangue, é Maria, é José,
é muito mais: é a voz  que clama
o sentir que faz-se abrir em horizontes,
é amigo que desponta além e depois me socorre,
me acompanha na seqüência dos séculos;
conheço dele seu menino... Vem de longe...
Vem dobrando o calendário. Vem e me segue,
 nunca se esconde ou silencia,
 usa camuflas  de vestes.
Sei dele as folhas que nascem
sei a tinta dos seus olhos verdes.
Talvez ele seja tímido, mas…!
a sua ação desmede pensamentos
o seu agir cobre a flora e sede razão
desabrocha em reverência,
bem se vê, não mais um menino,
sim, moço sem pressa  pedindo licença…
 sem choro sem queixa,
— por que o amanhã é outro dia!   

De J.Vitor