LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 28 de maio de 2011

Simplicidade da felicidade

Sem dúvida, estamos desviando o mundo das suas paredes
Dia após outro enfraquecemos o cal na areia, a sisudez do cimento vai se perdendo em pouco caso, e a rota em que estamos é o Armageddon. Choremos irmão… pelo que não subsistirá no jardim…
Ah! Se a beleza pudesse ser esta formiginha que descreve sua casa com
simples furinhos no chão…

Éramos todos jovens, as músicas conheciam o nosso coração, tais canções falavam aos nossos ouvidos. Hoje, elas fazem ligações entre pontes; o mundo evoluiu, as rotas do universo suportam os super sônicos, mas, quanto a felicidade, elas também cabiam dentro do 14 bis 

de J Vitor

obs: este poema é resultado de comentários feitos p/ Sotnas e Vagalume