LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Natal


A vida nasceu…


Venho de ver revelado os segredos dos mundos. O céu estava escondido dentro do nada.
O tamanho da caixa… não sei. Um palmo… dois palmos… talvez…
"Nada" até então existia, e, na sua surdina fez-se um roto, pariu do inexistente a velocidade: corria sem rumo. Contudo dava prumo aos precipícios. Nas suas beiras tecia vestido verde, no seu chapéu escapava raios amarelos na áurea do azul.
A gota d’água Deitada numa folha transparente jorrou a primeira cachoeira. Acordou na planície cercada por areias, sua Magnificência ouviu-se na boca do mar: chuuuá…, chuaaaá… jazia na costa das rochas. De tanto bater outra porta se abriu; erodiu um choro com canto de labirinto.  
Eu quis entender!, Não pude. A revelação já havia se estendido, me chamava de José…   

de J Vitor