LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Rasgar folhas

Vou rasgar o meu olhar. Arrancá-lo-irei como se fosse um livro. Começarei pelo que faço. Onde borrar pecado reiniciará o prefácio, onde viver martírio derrubará o casebre… deslocar-se-irá o reino.


Vou fazer varredura tal!… cores diferentes!… Não importará se o vermelho é cor tradicional, até a cerca do coração… será monturo, (sem falso seguro), nada de construir futuro!… também não viverei de castelo e nem dos mármores que pisei… não são estas as páginas que quero.

Quando remendar o meu olhar, e recomeçar outro laço; porei o conveniente: tintas em todos os versículos e pinturas de figura premente. Continuarei o capitulo com arrumações da vida que espero!

deJ.Vitor