LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 22 de março de 2015

Ilusão ou verdade

A minha arrogância faz de mim uma celebridade. A pretensão colocou-me num supersônico, e nestes sons imperceptíveis acosto os meus sentidos; vou ouvindo os astros e seus acontecidos, a gata no cio mia no latifúndio da vontade; Os fiéis cães ladram como se estivessem participando do andor. Dentro de mim sei que existe um mundo, e sei que ele é construído conforme os passos dos segundos, e, eles não acontecem quando eu durmo. A janela da minha alma habita no olhar aberto – se é lua ou se sol, tudo existe e se harmonizam com o paladar, na verdade é outra janela no palácio do meu quintal. O Jardim que aqui floreia, ensina-me sobre as rosas sem nunca deixar de comentar o perfume inquieto que convida as abelhas; abre-lhes o salão das campinas, serve-lhes as cítricas como também as telhas para cobrir as colmeias. E assim eu vou me servindo. Um tanto é do que crio, outros, são palácios dos meus vizinhos. Uma coisa eu descobri: o rompante de tudo que existe sou eu que cunho! Digo isto por estar do lado de uma cripta, cuja mamãe dorme desde que lhe fora encerrada a liberdade da sua estrela.

J.VLemes