LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 10 de agosto de 2014

O coração pode

J.VLemes

Quem pinta o céu e lhe desenha na pele as emaranhadas nuvens? Toque por toque e com retoques leves caminha seu pincel enfeitando o firmamento.
Quem  é que alcança as estrelas, afia suas pontas e quando O quer aponta para terra fazendo flechas cúpidas.  
Vejo-O sobre astros, simples como num palco de papel, e nos meus olhos, milhares de pinturas passeiam a cada instante, as pálpebras, inquietas, se alimentam delas…
e quando o pensamento lhe pergunta, que maravilhas são estás? Obvia se faz a brochura da passagem.   
Não sou poeta, mais sei que o dom do poeta pode habitar no  sideral…
Ainda, sendo ele terrestre, percebe a alquimia que ateia fogo no sol; que aviva os conturbados mitos da lua e até o segue quando o movimento da espada de São Jorge flutua!

O poeta sendo homem do amor sabe cultuar, sabe vadiar no oco do universo, pousar no coração as estações e em seu tempo recolher as primaveras…