LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 9 de novembro de 2013

O templo do tempo

[J. Vitor ]

O tempo montou para si um templo;
e ele é fiel.
Conjuga as fases do seu ponteiro.
Trabalha de janeiro a janeiro.
Enquanto a noite dorme ele corre,
Faz vir às madrugadas,
as manhãs ensejadas.
No seu alvorecer vem à claridade,
Recebe o nome de dia até que novamente
A lua desponta mudando sua idade.