LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 29 de setembro de 2013

Sapato trivial

[J.VLemes]


Tive nos pés um par de sapatos, eram novos.
Eis que eles brigadeiros fortes subiam morros
Fosse lá por onde eu fosse, levavam os rogos.
Certa vez numa manhã quente, eu, ele e o cachorro,
Passeávamos pela Vila;
O cachorro se vestia de pelugem branca
Meu sapato? Quem sabe em outra hora fosse coro de cobra.
Mas naquele momento somente eram solas de franca
Nada mais era que aquela cor marrom de várias dobras
Éramos um trio andante na Rua do Estácio.
A caminhada delongava-se hora aqui... Hora acolá...
Do sapato gastou-se a sola
Do cachorro interagiu a estória.
Deste dono… a vida levou embora!