LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Acabou...

[ J. Vitor ]

No dia em que morri, estava num banco do jardim São Paulo.
De prefácio estava sendo desligado, evitado nos minutos recentes.
O amor dentro mim, crescido, até ali jamais previra um anjo inacabável numa razão qualquer, numa emoção pela metade; falo da minha metade que interage cada registro do órgão; Falo do cerne que monta meu espírito,  e faz expandir o fogo da alma e que agora me põe em eutanásia... Desliga-me aos poucos; gradualmente o silêncio me reescreve num morto. 
O amor do antes enorme acreditava que o anjo fosse inacabável!
Até aquele presente, os meus olhos eram dois cristais, dava-me o parecer de uma joia inquebrável.
Foi então, fatalmente, cheguei ao óbito total. Uma só palavra, fulminante Atravessou-me como se a vida fosse um papel de balão pronto para subir.