LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Primeira princesa

[ J. Vitor ]

Fazer poesia, Ter inspirações, plantar chuchu, é preciso que haja um elenco dentro do pensamento. Temos uma casa adjetivada para hospedar uma plateia. Torna-se impossível mexer com o sentimento quando a sala está vazia; quando a funcionalidade dos quartos não clamam gestos de amor; quando os demais cômodos se tornam incômodos para as redes. 'Até a dona pardoca que geme na cumeeira e que às vezes espia pela varanda, perceberá a falta de rumores.

  Saberá então que entrei de férias… fui trabalhar corações, cavar palavras libadas, minar  a rocha mais precisa. Aquela que há de estar no recôndito profundo. Quando voltar à tona, ainda que em aluvião das cavernas, voltarei! Desnudarei a pedra, abrirei a sua gema e em seu envolto reeditarei um livro, chamá-lo ei de primeira princesa.