LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 10 de julho de 2013

O amor eu recebo

Na verdade, sei que este mundo funciona como um grande armazém! O dia a dia pré-dispõe sua porta, suas prateleiras são vastas; o solo é um tapete. Parte dele coloca-se a mesinha de centro; em outra parte, o prédio dos quartos.  Os cobertores vêm das fazendas da paineira, do sintético e dos bichinhos da seda. O mundo se espalha diante dos meus olhos… E das suas repartições industriais: escolho para mim um carro, um pacote de cigarro, o aparelho que Lapida as cerdas do meu rosto, a goma de mascar que mascara o meu hálito…
Das demais riquezas, tiro os produtos que o solo dá, dá o pó com nome de Adão, dá a costela para que eu a chame de Maria…!

Tem coisas que o solo não tem estas, eu compro do ar, e das coisas que o ar não tem, eu recebo via Embratel!