LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 17 de maio de 2013

CAPITILO VIII - Engenharia da vida


[  J. Vitor ]  

Queria tanto me aquietar, parar a ansiedade,
Dar ao obvio o seu tempo… tempo que o meu pé de chuchu precisa para ficar adulto, emancipar-se dos olhares curiosos.
Sinto-me como se fosse obstetra que acompanha passo a passo o desenvolver  repentino do caule que se ajeita como rama.
Eu sou mais que este médico agricultor! Sou o seu progenitor, sou o próprio ventre que sente o despontar dos seus pezinhos que caminham nos arames…
Confesso! Sem orgulho, sem preconceito ou malícia: é linda a condição de dar a luz! Se eu fosse filosofo, diria:
Somos engenheiros agricultores da vida, e a terra a nossa mãe querida!