LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 16 de abril de 2013

Sou dependente


[ J. Vitor ]

Será que um dia aprenderei viver  só?!
Só! Sem os olhares que ainda copiam o desejo
Só!  Só eu e o meu terno chique de giz, gravatas…

...Nada condiz a este homem que viveu doces datas,
Que trilhou o auge da vida, e agora geme,
Se espreme nas ruas antigas… Chora!
A sua vila tomou a maioridade,
trata-se agora de uma cidade,
Dão-lhes calçadas novas, arvores bem escalonadas…

Será que um dia se apagará a memória do lugarejo...!? 
Será que renovarei o busto  por recente história…!?
Eu acho que sim. Sinto-me um dependente romântico
um extraditário com narcóticos de beijos... 

Sim! Tornei-me num traficante, viciado  em corações...