LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 30 de setembro de 2012

O amor é este


Do amor que tenho e do amor quero,
quero este antigo…
Este que está comigo,
que conhece as vivas dores,
A terra onde plantamos flores,

Do amor que tenho
quero o mais singelo
o deleite dos primeiros beijos…
os arpejos das noites amantes!

Quero este…!
Ele me veste por dentro, e,
tantas vezes… desveste por fora
faz de mim a sua flora
planta o terno canteiro

Quero este…!
Se outro vier,
não terá como arrancar a raiz
Ainda que um tanto capine,
e o cálcio do chão tragua Sal
não nascerá flor igual!
E a renascença dará outro eu!

de J.Vitor