LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 26 de novembro de 2011

Coma


Adoentarão o poeta
Já há tempo roubam dele a pena
Derribam seu palco de cena
Moribundo… Tem o olhar sangrado de tinta
Escorre rosto abaixo cor opaca
Encharca seus lábios de descaso 
Borra o travesseiro
Trinca o vidro do tinteiro
Enquanto a força do amor não lhe visita
Ele se priva na maca.


Adoentam o poeta

Entram-lhe por dentro

Reviram o acordo da razão
Acuado, o coração foge para a direita
As palavras se perdem só.
Minutos menos minutos
ele não resistirá:
Dormirá no silêncio da tristeza…

de J.Vitor
Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Vedada a criação de obras derivativas 2.5 Brasil License.