LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 9 de maio de 2011

De repente

De repente…, acordo pela madrugada, vago pelos cômodos,
caço um pedaço da amplitude, copio o meu olhar com o desenho do céu;
o silêncio manipula uma viagem na plenitude… despercebo…
começo uma página no pensamento. Na distração, sou pego no súbito,
procuro um papel em branco, saco da lapiseira a volúpia inesperada…
O lápis começa discorrer um exercício que ele mesmo vai vivendo aos poucos.
Quando pela manhã o sono volta, recolhe-me para junto de Maria,
Ela procura curiosidades da minha malícia, e então eu começo a descrever tudo novamente!

de J.Lemes