LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 11 de junho de 2011

Confusão de tempos



O passado é uma porta para as coisas que não são mais, passou... “O mesmo não é mesmo”, fica dele a lembrança, a recordação ou a obra feita. Outras obras são feitas, mas, tornam-se outras.
A vida caminha na roda do tempo, sempre progressiva… não volta e nem o tempo fica parado.
Erros…?! Não podem ser corrigidos! O que pode é não ser repetidos. 
criam-se coisas novas, mas, não voltamos sobre os erros para consertá-los, nem que nascêssemos velhos e tornássemos no útero do princípio, porque voltando esquecer-nos-íamos de nos havermos do futuro, e o futuro seria a semelhança do presente e a vida se alimentaria do passado!

Cada segundo é um respiro a menos... Presente a menos... Tempo derrubado pelos ponteiros do globo.
Existimos porque o tempo existe, e por estarmos imantados no sistema. É natural que em certos momentos a vivacidade corra contra vagas tão rápidas… talvez tão lentas… tão cheias de tantas inexistências, como se só o abstrato fosse Real.

O passado é um pássaro experiente… Traz nas asas conhecimento para o Senhor Presente que prontamente educa o futuro.

de J.Vitor