LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

O reflexo da angustia

Terá as guerras medievais acabado? Direi que não.
Sinto os pés ruírem no chão, sinto as espadas; elas tocam no silêncio,
fazem soar um tinido de angustia. — Resta-me espalhar soldados,
correr todos os meus sem[tidos], destacar palavras.
Não consigo! Vivo algures castigos, sofro a cada parede que cai.
Do meu lado esquerdo o monturo é duro, há um cerco quadrado.
 Fico no meio, numa trincheira, intrigueira… temo o olhar;
do lado Sul encontra-se o coração, só…
Nú como o Sol do meio dia.
Direi!... A qualquer instante, não me verei mais!

Texto  J.Vitor