LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 3 de setembro de 2011

Susto no espelho

Um homem estranho entrou nos anos e veio metrificando caminhos.
Há muito tempo ele olha para mim. Ele entra no espelho e me assusta.
Ele nunca é o mesmo. Antes tinha a figura de menino.

De cada apresentação ele vem trocado 
breganha a sua aparência, doa o seu moço!
em cada folheação muda um pouco  

As mudanças são muitas, que me faz deixar de ir ao espelho…
assusta-me.

Procuro entende-lo naquilo que vem me dizendo.
Sigo os repetidos passos.  
“— Mas, são muitos, quis saber mais, pesquisei!”
Soube então do seu nascimento. 
Nos resultados de pesquisas sou agora sua metáfora de ir ao esquecimento;
E elas são figuras assustadas que olham no reflexo e vêem um homem em metamorfose!
Cheguei à conclusão que não devo ir além do reflexo,
ou se eu for que seja num caminho de volta e nele encontre desde o primeiro beijo;
que eu feche os olhos e volte os primeiro sonho de infância,
a primeira Maria da rua, volte à boneca de meia;
e depois que venham as malícias de moço; mas, que nunca termine o mel das flores…

J.Vitor