LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Sem Limites

Pus-me a imaginar os reparos que previ
Como se fossem em madeira, entalhei.
Fiz riscos desde o início, reabsorvi.
Lá onde nasce a compreensão, renasci.

Da mesma sorte que se faz, eu a fiz.
Enriqueci-me de corte e esquadro,
Avancei, retratei, me enquadrei:








Consegui alinhar e corrigir-me do malandro.




Tudo feito de bom jeito
Sofreado a tantos cortes,
Separado ao serrote das amarguras,
Unido para o trabalho que bem quis.

Aprendi nos feitios dos armários:
Tachar os pregos de amizade.
Entrei nas sugestões dos provérbios
Fiz fugir do nó a fatalidade.

Entoei-me de outro, num só sentimento
Numa forma objeta de felicidade
Bastou-me encontrar o ideal,
Rasurar o meu mal, grifar o tal momento.
Aperfeiçoar o juramento…

Fizemos do amor um trabalho sem igual
Que por final resultou em peças de sorrisos
Se eu sou o profissional, você é a ajudante
Ao contrário, se sou o ajudante, você a amante!

de J.Vitor