LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 30 de novembro de 2014

Aventura

J.VLemes


Serei sempre o meu marinheiro
Farei de mim uma volta ao mundo, construirei na vontade um navio.
Usarei nas amarras, bandeiras içadas com o amor interminável.
Lançarei nas águas cargas fúteis,
Deixarei apodrecer as coisas inúteis, as tábuas poucas   não servirão para construir canoas de salva vidas, e, embarcações efêmeras não  me erguerão nas costas do atlântico; com  o iate da minha sorte atravesso mares que outros não conseguem.
Estou seguindo viagem, abrindo passagem nos lombos da aventura.