LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 7 de setembro de 2013

Mancha

[ J. Vitor ]

Poesias são como gotas de um conteúdo que se esgotam! A porta por onde elas entram se aferrolham, As janelas emperram, A fabriqueta da imprensa não rola, Os logotipos desajustam-se no pensamento. O pior! A diretoria se tranca no sentimento! Conclusão: O amanhã deixa de ter a tal edição. Pois o jornal suprime  esta coluna. Porém os jornaleiros do mesmo modo atendem as bancas. E os leitores não sentem a falta do poeta. 

Poetas são homens que se secam quando as portas estão aferrolhadas, Quando as estrelas se escondem, Ou quando a tolha do dia não põe o sol para fora. 

O pior acontece! "A diretoria se tranca," E a serpia do mundo mancha as folhas brancas…