LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Adeus

[ J. Vlemes]

A noite se desmancha pela madrugada
penso repousar, não consigo.
Tento despedir dos olhos a lua que aclareia o quarto,
Que determina uma insônia vadia.
A cortina bamboleia o sorriso,
Os lábios perambulam no pensamento.
Já são 3 horas do amanhecer
Os sabiás dão início de pequenos pios.
Sei que daqui a pouco a porta da manhã se abrirá,
E junto, novamente a loucura distal de saber que nunca mais nos veremos…
 A dor angula ao redor do coração,
A lembrança, à distância, geme na saudade;
O sorriso cai como se fosse vidro,
Traz o seu barulho de caco rasgando noites e dias.
Não sei por quanto tempo será assim,
Caso um dia o céu se rompa e quebre a utilidade do calendário, então saberei que o relógio não é mais preciso.