LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 16 de junho de 2013

Sentir-me inútil

[J. Vitor]

Meu dia de ontem foram horas perdidas.
Farelos de angústia alimentaram o sono.
Precisei vir aqui, trazer as poucas quirelas.
E dizer que delas, seu pequeno punhado  inquieta-me, dividi-me em angustia. Sendo ainda que a primeira  me remói, dói, faz-me saber que nunca conseguirei erguer a minha voz ao ponto em que algum som aborde ao teto do céu, ou ao menos arranhe a nuvem mais próxima da terra. Pergunto: 
Será este um sintoma de me sentir inútil?  Pois, não tenho um pensamento se quer que consiga acompanhar o passo num andamento de vai vem de cuco qualquer…
Cheguei ao ato de não conseguir atar uma única lágrima para que esta deixe de embolorecer-me o peito.

A casimira da minha camisa não admira mais o estar da gravata. O terno que me segue no conceito de aprimorar os meus defeitos, se perdem na canseira…