LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Traga as cartas


 [J.Vitor]
Sr. tempo,
de tempos em tempos venha surpreender-me,
traga o saldo e os feitos dos condados.
Por gentileza, não deixe de lado a fábrica do pecado.
Quero a gosto os comunicados dos beijos.

Sr. tempo,
não volte antes que eu termine o laço da paixão
e toda relação de amor…
Se acaso eu vier adoentar no pleito
que tenha no diagnostico o tempero intenso das noites,
o ajuntamento dos namorados.

Sr. tempo,
Venhas, traga as cartas,
prenda-as no mural do meu peito, e,
que na pausa, todos leiam:
                         este viveu a magnitude,
portanto,
Declaro-o: extasiado — sem esquecimento