LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 12 de agosto de 2012

Lembro de nós


É ambicioso pensar na alvorada
O minuto caminha pela madrugada… sem pressa…
recosto a cabeça no travesseiro
apinho no cobertor o corpo aborrecido..

A áurea boreal vem relampejar à vista
Inquieto-me na cama, nada adianta,
o pensamento foge pela cidade…
A ansiedade nada pode… o coração fica sem pista 

Empurro as cobertas para os pés
vou ao parapeito do prédio,
uma ou duas luzinhas brilham,
por poucos instantes… elas se apagam…
  
Recosto-me na lateral da varanda
ouço o ronco de um único carro… cruza a esquina…
outro passa em frente da guarita,
…penso estar numa fuga de esperança…

Olho para cima… vejo um papel antigo
lembro de nós numerando cada estrela
Contávamos os astros ao redor da lua
E as noites falavam da nossa audácia de amor…

de J.Vitor