LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Despedida

Difamo a minha dor…
Causo a ela os aborrecimentos que se derramam em lilases lágrimas.
Enquadro no sentimento aquele pano dos teus olhos.
O sorriso fácil que aludiu os nossos lábios num manjar de mais doce cobiça…
Nasceu naquele instante um sino em que o destino passou a gerenciar a alma; uma promessa que tinha de ser inacabável… e foi… se não fosse o acaso desta despedida execrável… deste cenário em tripés de velas…  

de J.Vitor