LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 9 de junho de 2012

Taí

Sou a última vírgula deste conto, 
mais a frente virá o ponto. 
Ponto e vírgula; 
passarei por eles, 
criarei reticências, 
misturarei a pouca eloqüência; 
tirarei dos olhos as coisas do coração. 
Tai!  
Tão certo é dizer que a vida é um livro aberto, 
tão leve é viver nele, 
tão fácil é pular as vírgulas, 
mas, é gostoso descansar no ponto. 
Tem partes da vida que existem exclamações; 
em outras meras interrogações ou fotografadas fantasias.  

de Vitor