LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 11 de maio de 2012

Reportagem da origem

• Introdução
Do nascimento do universo aos dias de hoje


Meus parabéns! Os anos são benefícios na felicidade, relaciona o nascimento com festas.
Seja simples como for o bolo ou que não haja, mas o que houver que seja o eterno amor!
É importante que as razões dos dias nasçam nos ciclos das rosas, pois, é no conjunto das primaveras que nos afeiçoamos! Não há quem não diga: o presente é meu presente, e minhas horas são tecelagem do agora!

Do relacionamento surge o nascimento. — Um jogo — de um lado
 “a mulher” — traz sua crônica de informações, o mesmo se repete com “o homem”.
Desta junção nascem às vicissitudes, isto é: O  DNA.  Características coligadas que dão fato: feto no jeitão de ambos, ou resultados de gerações pintando a roda genealógica com gêneros, atitudes; Boa ou má. Coisa que se professa em gêneses, dispostas nas prateleiras; vem do cósmico para que no apocalipse seja aberto o livro do encerramento, e colocado o juízo das ações.  
Os momentos são infinitos: composição do ontem, do hoje e do amanhã. O grande jogo é miscigenação do abstrato no concreto, é a gestão de pensamentos que viajam a dois caminhos, e constantemente clamam ao seu juízo e quase sempre dá vazão ao livre arbítrio.
O jogo está na tabela do Universo:  Sempre, sempre:  Um e Dois: Dia e Noite,  — de 1 a dois copila 3, 4, 5,6… > milhões e milhões>.  Um tanto de cada. Contudo, tudo é feito de
1 e 2. Papai e mamãe, pai e filho, mãe e filho. — Pais e filhos é um resultado! Começa num encontro, num beijo, no amor. Conseqüentemente dá-se a vida.  O surgimento abanca do DNA  e  trás  dele, virtude, ou não. O não é anulação da virtude que propicia o egoísmo.

De J.Vitor

Tudo começou com uma súbita expansão


Do homem com a mulher, são as gerações.
Do âmago, a fonte das crônicas
Lá  está o DNA, que numa linguagem simples, é:
“Deus Nas Alturas”
A junção do jogo nasce da união do cosmo ou de quando se diz:
“Nada se cria tudo se copia.”
Nada há que ainda não tenha sido;
“Nada se forma, tudo se transforma.”

Não há novidade acima do céu!
Abaixo, expectativa e muita poeira trocando de espaço; muito germe proliferando e espremendo um canto ocupacional.
“Dois corpos não ocupam o mesmo lugar”, portanto, vão se acomodando e empurrando os próximos.
Uma vida vem, outra se esvai.
Quem no espaço está, é alvejado pela lei da troca.
— a lei da troca está no DNA. É a Onisciência a trabalho da Onipotência com a Onipresença. 
 DEUS — Dono Exclusivo do Universo Sideral.  DEUS
Para o homem criar qualquer coisa  precisa tomar emprestado uma matéria já disposta; ainda que seja a menor partícula, ao passo que Deus Criou o Barro, depois, bem depois… criou o homem!
Se os cientistas não conseguem descobrir a origem da vida, o que se dirá da matéria que vêm antes da vida?
Ainda que homem descubra o estopim que detonou a explosão do BIG BEM, nunca saberá como o nada foi formado ou como DEUS colocou o pavio no tucho da bola 

De J.Vitor
DEUS criou os mundos e eu gosto destas poesias...