LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Noite entre luar e mariposa


Despertei-me na noite… 

A cortina abria-se de lua!
…Um flagelo enluarado…
Fazia-me ver enfeite no voal
que por habitual me chamou de amado.
Peregrinei implume sobre o deleite do lençol, deixei aprazar açoites



Baldeei do luar o fascínio das mariposas  
Refiz arrume no meu vício de costume
Temperei horas em horas de desejo… pousei…


Brincamos como se estivéssemos praticando ardiloso voo e voamos… desprendemos o vestido,

Despreguemos   o sentido… esgazeemos…

Seu veludo flamava sobre o sabor de framboesa.

Sequioso… tomei as asas entre os dedos.
Vieram os murmúrios que se perdiam na milícia

e de delícias iam-se perdendo… perdendo… perdendo…

Tornando-nos imóveis e até esquecidos num pequeno pouso.

de  J.Vitor