LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 20 de maio de 2012

A chama da poesia


Poesias são como chamas…
Brotam de tochas embevecidas
Seu questionar resultam flamas
Ateiam palavras em emoções proferidas.

 Poesia é como o pavio embebido:
 Invade o colossal dos sentimentos
Adentra na vasilha do coração referecido
Faz arder alento na campana do ouvido…

Poesia é o plural de cortesia
É o veludo da fantasia…
É uma veste intima na folia da libido!
Poesia é doçura paradisíaca

Poesia é uma bebida que embriaga o romance
E depois embola o corpo, bola e rola…
Horas e horas num licor de amor…

de J.Vitor