LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Socorro

J.VLemes
Vasa informações dentro das casas vem de conexões pela rede,
Nossa atualidade é urgente, emerge-se como água fervente, 
somos readaptados, consertados ao redor da vaidade —
é verdade...! A internet é fantástica, mas, vez e outra assustam, e, certo é que sentimos perdas, carinhos que jamais serão os mesmo… 

Eu quero o ponto da justa causa, não a pausa de um único momento,
de um só instante ou de quando o coração jorra gozo rompante e depois desfalece de arrependimentos e preces.
Quero mais… as tais emoções leais. Eu quero mais que expressões proverbiais, mais que relíquia de gemidos carnais…
Tudo é vaidade! —

Vaidade nasce do nada; de tudo temos vaidade, em cada necessidade cai uma proficuidade, até na mais ingênua fugacidade, brota jocosidade
interage a veridicidade na comunhão da intimidade…


“Sou como há tantos… passional, dependente virtual”

Pela manhã, nas tantas vezes fujo da sede, da havaiana, do antigo e habitual jornal; passo despercebido pela escova de dente; atraso o beijo de bom dia e vou abrir a rede.

Quero ser livre. Tirar do meu tempo... Poesias inúteis.
Socorram-me com uma só palavra, estou perdendo a minha intimidade, 
a oportunidade de viver a minha única vida!

de J.Vitor