LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Cartilha do céu


Eu quero que o mundo pare
se esbarre no fuso das horas delinqüentes
e que me trague novamente as luas da noite.
Que tudo seja o nada e que o nada seja nosso
Nós iremos à janela… veremos a paisagem congelada,
…ninguém nos poderá ver ou saber que estamos nus
pois a inocência estará nos olhares alheios,
No nosso…!? as mais ardentes chamas…
chamas que irão recomeçar o mundo.
Transtornaremos as incertezas das inverdades
Louvaremos a certeza da bondade
Depois, gritaremos pluralismo e o globo reiniciara na engenhoca do olhar, nos segredos dos instantes e todos os seres receberão o selo do céu: — [A tal cartilha sobre lua de mel!]
de J.Vitor