LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 21 de junho de 2011

Sonhador


Sou um sonhador, e agora que descobri a magia do amor,
Serei tal um lenhador que visita suas terras — apanho uma lenha de sonho aqui”,
um graveto de êxtases e fantasias acolá.
Vou formando o meu feixe, vou enchendo a minha aljava.
Algumas borboletas saltitam, vem pousar meu braço
outras se erguem para a liberdade, decoram a felicidade.
desço do ombro o amarrado que juntei do campo.
observarei o declinar das horas, esperarei a tarde,
será lá, quando os pássaros se aquietarem,
os estalidos e a anarquia do dia terminar, ficará a noite com a pintura da lua
Nessa hora, antes que os pés adormeçam de frio,
Atearei o fogo. Junto, ao meio, um tanto de mim seco,
iguais, os lábios ressequidos, libertos para hibernarem sem pressa. 

de J.Vitor