LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Amar de novo

Chega de não ter um olhar!
Cansei de não ter um amor,
Não ganhar um ramalhete de flor
Não sou exigente… penso... somente...

Cansei! Chega de não ter nada
Vou sair por ai, roubar um coração mulher
Oferecer-lhe o meu corpo vazio
Deixarei fumegar o pavio
Enquanto o amor se derrete
Esculpirei minha vedete
Irei fazê-la sujeita, perfeita como ninfa.

Levarei a deusa para o  Jardim das Hespérides
Depois, quero mal… embriagá-la no vinho do cristal
Então virá a hora de lhe dizer
Cansei!, Chega de não ser nada
Agora sou Zeus!
“Sem culpa como Clio no apogeu.”



Cansei! Somente a alma me abriga

veste-me de intriga… nessas horas o desejo sai
fala-me das noivas




texto J.Vitor