LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Choro


O milagre da vida tem é um ato formal;
Está no jeitão branco amarelado:
Expele-se numa maratona germinal
Onde a vida se exubera dum óvulo inoculado.

Tem o direito biológico indubitável
Representado por triunfo.

— Aonde vão?
— Vão à busca instruída
Fazer o furo da vida.

Esfolam-se em atritos
Tombam oponentes ao seu igual
Neste propício de labirintos
Entram para o seminal.


— E os demais?
— São eliminados para o nada.
Passa-se o ciclo da vida
O parto segue descompassado

A dor inócua é concluída

Vem a palmada original
Traz de volta o juízo.
“tudo é tão natural”
Que a existência começa num choro!

de J.Vitor