LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 30 de abril de 2010

Primeiro encontro

Do horizonte, quando o sol tange a fonte
Rabisca o arco Iris e se eleva para os olhos do céu;
São nesses instantes que vou à fronte,
busco coragem, entro na negridão, e vou.
Lanço-me ao ar, estendo as mãos, esparramo predicados,
Suplico mesura, faço petições.
Quando paro, alinho o punho,
Engomo a força, atiço-me de olhar
E de cabeça na vertical, vou.
Desço do meu tremor com escalas de bravo,

Embora tenha no rosto o gosto de palavras.

Acaso. Continuação do primeiro encontro. Domingo, entre o luar e as estrelas no céu,
Numa noite favorável; quente de verão. Passeávamos pelas ruas. Mesas e cadeiras nas calçadas.

Tudo na cidade estava sendo entrelaçado como testemunha! Coloquei a mão no teu braço, e perguntei simpático, "posso ser teu namorado?"